CASA DE ZABELÊ COMEMORA JUBILEU DE PRATA COM CELEBRAÇÃO

CASA DE ZABELÊ COMEMORA JUBILEU DE PRATA COM CELEBRAÇÃO

Celebrando 25 anos de atuação em defesa dos direitos das crianças e adolescentes de Teresina, a Casa de Zabelê comemorou seu jubileu de prata nesta terça-feira (31), com celebração conduzida pelo Diretor Executivo da Ação Social Arquidiocesana (ASA), padre Tony Batista. Em um momento marcado pela emoção e o amor pelo serviço, colaboradores e educandos partilharam suas experiências destacando o papel da instituição na transformação de suas vidas.

 

“A Casa de Zabelê tem um papel indescritível na minha vida, sou muito grata a tudo o que vive e aprendi aqui. O trabalho da casa é extremamente verdadeiro, e graças a acolhida, ao cuidado, as orientações que recebi hoje sou quem sou hoje: uma mulher, profissional, entusiasta da vida, que se reconhece como é e sabe o valor das suas raízes. Só tenho a agradecer por tudo”, afirmou a designer de moda Sâmia de Jesus, egressa da instituição.

 

Ao partilhar o texto do evangelho lido na celebração, Padre Tony destacou a missão da Casa de Zabelê. “Com sensibilidade e muito amor, deixando de lá a indiferença, a Casa de Zabelê vai até aquela menina ou aquele menino que foi assaltado em seus direitos, sente a sua dor, e os acolhe, dando-lhes através da atenção e do cuidado a chance que tantas vezes lhes foi negada pela vida, a oportunidade de recomeçar”, afirmou o sacerdote.

 

Além da oração e do testemunho de pessoas que tiveram a sua vida impactada pela atuação da Casa, a comemoração também contou o corte de bolo comemorativo, e com apresentações artísticas executadas por jovens inseridos na instituição, enfatizando a proposta pedagógica que fundamenta a atuação do local. Na ocasião, a coordenadora Sueli Coelho falou da sua alegria em estar à frente da instituição neste momento tão especial.

 

“É muito gratificante celebrar os 25 anos da Casa de Zabelê, pois não estamos celebrando apenas o passar dos anos, mas uma caminhada em busca do fortalecimento da cidadania e da dignidade humana. Muitas crianças, adolescentes, jovens e suas famílias passaram e passam por essa instituição, e nós seguimos firmes, cheios de alegria, desenvolvendo nossas ações, buscam dar nossa contribuição para a construção de um mundo cada vez melhor”, destacou Sueli.

 

Mais de 3 mil vidas transformadas

 

Localizada na Av. Pedro Freitas, bairro Vermelha, a instituição foi fundada em 1996 como uma resposta da Igreja Católica às situações de violência imposta às crianças e adolescentes que eram exploradas sexualmente nas principais praças de Teresina. A instituição é administrada pela ASA e conta desde a sua abertura com o apoio da Prefeitura Municipal de Teresina, atualmente através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI).

 

Em seus 25 anos de atuação, o local atendeu 3.342 crianças e adolescentes, oferecendo um serviço de referência na proteção e na promoção dos direitos da juventude teresinense, por meio da profissionalização, da educação, da cultura e do acompanhamento psicossocial.

 

O momento contou com a presença do Sec. Marcio Allan, da SEMCASPI.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.