/
/
29ª Caminhada da Fraternidade “acende a fogueira” dos corações teresinenses e leva multidão para avenida

Notícias da ASA

29ª Caminhada da Fraternidade “acende a fogueira” dos corações teresinenses e leva multidão para avenida

A Caminhada da Fraternidade inundou a avenida Frei Serafim no final da tarde do sábado (08) com um verdadeiro mar de gente, movida pelo sentimento de fraternidade. O evento, que é patrimônio cultural do Piauí, chegou em 2024 a sua 29° edição, e segue se consagrando como o maior evento caritativo do estado.

Com o tema “Acende a fogueira do meu coração”, além do apelo para a causa das pessoas em situação de vulnerabilidade social, este ano a Caminhada levou para a avenida a alegria das festas juninas, como forma de angariar recursos para a manutenção dos serviços desenvolvidos pela Ação Social Arquidiocesana (ASA).

O evento teve início ao final da tarde, com a celebração da Santa Missa, presidida pelo arcebispo metropolitano de Teresina, Dom Juarez Marques, e concelebrada por diversos padres e diáconos da Arquidiocese da capital. Em sua homilia, o arcebispo apontou o amor pelos pobres como a razão para a escolha do tema e a realização do evento.

Entre as novidades desta 29ª edição, a Caminhada da Fraternidade contou com uma coordenação geral composta apenas por leigos, contando com o apoio do seu idealizador, o Padre Tony Batista, vigário episcopal para Ação Sociotransformadora. Emília Nunes, uma das coordenadoras do evento, falou da sua emoção diante do sucesso da Caminhada. “A gente se arrepia ao olhar para essa multidão, vendo o esforço que cada pessoa fez para estar aqui, colorindo nossas ruas com o sentimento do amor e da fraternidade”, afirmou.

Em um percurso de 2km, entre o adro da Igreja de São Benedito e o Parque Potycabana, os milhares de caminheiros participantes do evento foram embalados pela banda Mar&Sol, com um repertório recheado pelo melhor da música junina. Padre Tony Batista, que há 29 anos vivencia a Caminhada, tanto como idealizador como quanto caminheiro, fala do sentimento ao participar desta edição.

“Estou escandalosamente feliz em estar aqui, com essa multidão de gente do bem. Palavras não conseguem dimensionar o quanto a Caminhada está linda, mas eu lhes digo: sou só orgulho de Teresina, que responde com amor, com o amor de Deus, e alarga o seu abraço para cuidar dos nossos irmãos pobres”, expressou o sacerdote.

Ao final do percurso, os participantes da Caminhada da Fraternidade vivenciaram um grande show com o Grupo de Oração Exército de Deus, formado pelos artistas Ana Clara Rocha e Ítalo Poeta. A dupla, que acumula milhões de seguidores nas redes sociais emocionou a multidão com louvores e orações. A técnica de enfermagem Priscila Maria participou do evento pela quinta vez e fala da sua experiência.

“Cada Caminhada é única. E cada vez mais eu me sinto maravilhosa de participar. Eu convido a quem quiser para participar, por que é uma caminhada para o bem, que tanto faz bem à saúde como ao coração. Para muitos parece apenas comprar uma camisa, mas com o pouco que a gente pode, a caminhada nos faz ajudar a transformar a vida de muitas pessoas”. Destacou Priscila.

Uma história de amor e transformação social

Iniciada em 1995, como um grito em defesa da vida das pessoas portadoras do vírus HIV, a Caminhada da Fraternidade é uma iniciativa da Arquidiocese de Teresina, desenvolvida por meio da Ação Social Arquidiocesana.

O evento, que já é um marco no calendário da capital do Piauí, anualmente reúne pessoas de diversos credos e até sem religião, para celebrar o amor e a fraternidade, com o compromisso de angariar recursos para a manutenção dos serviços de caridade providos pela Igreja Católica em Teresina e que atendem desde pessoas com hanseníase, a idosos, deficientes, crianças e pessoas com câncer, levando dignidade, cidadania e transformação social para quem mais precisa.

 

Compartilhar:

NOTÍCIAS

Na manhã da última quinta-feira (27), o Serviço Jovem Aprendiz da Ação Social Arquidiocesana (ASA) comemorou 22 anos de