/
/
ASA realiza solenidade de entrega do “Colar do Mérito Bom Samaritano”

Notícias da ASA

ASA realiza solenidade de entrega do “Colar do Mérito Bom Samaritano”

A arquidiocese de Teresina, por meio da Ação Social Arquidiocesana (ASA), realizou a solenidade de entrega do “Colar do Mérito Bom Samaritano”, para 23 pessoas e entidades, pela excelência nos serviços prestados aqueles que mais sofrem e pelo compromisso com a qualidade de vida do povo piauiense. O evento foi realizado na noite da última sexta-feira (26), no auditório Dom Avelar Brandão Vilela, bairro de Fátima, com a participação musical dos artistas Rudrigo Melo, Késsia Lopes e Flávio Moura que abrilhantaram a noite de homenagens.  

Foto: Francisco Rodrigues
Foto: Francisco Rodrigues

Instituída em 13 de junho de 2016, na gestão do padre Tony Batista em razão dos 60 anos da fundação da ASA, a condecoração é uma referência universal de reconhecimento e gratidão às personalidades notáveis pelos seus serviços. Na solenidade estiveram presentes integrantes do clero arquidiocesano, autoridades civis, amigos e familiares dos homenageados. 

Padre Tony Batista, diretor executivo da ASA, externa que a Igreja reconhece de maneira pública a dedicação e o zelo em favor dos mais pobres. Segundo ele, muitas vezes os mais pobres são invisíveis dentro da sociedade, assim como aqueles que dedicam a sua vida ajudando. “Ninguém imaginava que estas pessoas seriam homenageadas hoje, já que elas não estão na mídia e nem em evidência, e a Igreja reconhece exatamente a beleza deste silêncio”, explica o vigário geral. 

Foto: Francisco Rodrigues

Para Dom Juarez Marques, a medalha significa um reconhecimento ao mesmo tempo que externa tamanha gratidão pelos trabalhos desenvolvidos em prol daqueles que mais precisam. “A Igreja sempre buscou homenagear os seus heróis e as suas heroínas, pessoas estas que ao longo de sua vida dedicaram-se à prática do bem ao próximo, além de também ser um incentivo para que permaneçam fazendo o bem”, destaca o arcebispo. 

Insígnia no formato de um coração 

A cerimonialista Emília Nunes foi uma das homenageadas. Ao longo de sua trajetória na Igreja Particular de Teresina, ocupou os cargos de secretária da ASA e uma das idealizadoras da Caminhada da Fraternidade, onde foi responsável também pelo Lar da Fraternidade, que atendia a pacientes soropositivos. 

Foto: Francisco Rodrigues

Ela afirma que esse reconhecimento foi de grande emoção e gratidão, confirmando que sempre esteve no caminho certo. “Essa foi a maior de todas as homenagens que já recebi até hoje. Receber esta medalha é uma grande honra, confirmando meus esforços para ajudar a melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas que sofrem”, finaliza. 

Foto: Francisco Rodrigues

Para o diácono Roberto Caminha, também homenageado, o momento foi de muita alegria em vista da dimensão social da Igreja, sobretudo no aspecto do atendimento as pessoas que mais necessitam. “É uma alegria muito grande receber este reconhecimento, já que há algum tempo eu presto serviço na equipe que coordena a ASA e principalmente diante das situações que vemos todos os dias, buscando sempre ajudar aqueles que mais precisam com nossos projetos”, externa o Chanceler da Cúria Metropolitana de Teresina e Segundo Tesoureiro da ASA. 

Foto: Francisco Rodrigues

Os homenageados receberam uma Insígnia no formato de um coração, na cor vermelha circundado com arabescos em dourado, simbolizando o amor que a Igreja de Teresina despeja sobre os mais vulneráveis, assim como também o compromisso da ASA na promoção da vida humana e da cidadania.  

Foto: Francisco Rodrigues
Foto: Francisco Rodrigues
Foto: Francisco Rodrigues

Compartilhar:

Tags:

NOTÍCIAS

Na manhã da última quinta-feira (27), o Serviço Jovem Aprendiz da Ação Social Arquidiocesana (ASA) comemorou 22 anos de